+ revistas #12

No editorial de Setembro/Outubro da revista Postgraduate Medicine, a Dr.ª Isabel Galriça Neto aborda a importância do controlo da dor crónica e aguda, tema central desta edição da revista. Neste editorial é dado particular ênfase àquilo que ainda há por fazer numa área em que, segundo a autora, muitos progressos têm sido feitos.

Sendo a dor um sintoma muito frequente e presente em múltiplas patologias de diferentes órgãos e sistemas, destaca-se a importância da formação dos médicos na sua abordagem, que deverá ter em conta não só o controlo farmacológico mas também todos os fatores não físicos que possam contribuir para o sofrimento do doente. Face aos meios presentemente existentes, é realçada a imperiosidade crescente de não deixar os doentes em sofrimento desnecessário, considerando a eutanásia como uma resposta “rudimentar e redutora”.

A autora ressalva a necessidade de não confundir o controlo da dor com Cuidados Paliativos, competência reconhecida pela Ordem dos Médicos, que abrange o controlo sintomático dos doentes mas cuja intervenção vai além do mesmo. Para além disso, distingue controlo da dor de sedação paliativa, intervenção cuja razão de realização mais frequente não é o controlo álgico, e que deve ser bem fundamentada por especialistas na área.

No final deste editorial volta-se a destacar a necessidade de os médicos aprofundarem a sua formação para dar resposta ao sofrimento dos doentes crónicos pois, mesmo quando não curamos, podemos ter um impacto positivo na vida daqueles que nos procuram.

Ricardo Silva, colaborador +mgf

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s