Dia Mundial do Coração

No passado dia 29 de setembro, celebrou-se o Dia Mundial do Coração.

Nesta sequência, a Direção Geral de Saúde apresentou o Relatório do Programa Nacional para as Doenças Cérebro-cardiovasculares 2017. Do documento constam o sumário das atividades realizadas em 2016, o que está a ser realizado em 2017 e as atividades planeadas até 2020.

Assim, as principais conclusões:

  • Morre-se cada vez menos por doenças do aparelho circulatório;
  • Redução de 39% das mortes por AVC, entre 2011 e 2015;
  • Aumento em 26% dos internamentos por doenças do coração, entre 2011 e 2015;
  • Consomem-se mais medicamentos mas os encargos financeiros globais do SNS são
    menores.

Objetivos para 2020:

  • Reduzir o número de mortes antes dos 70 anos por doença do cérebro e do coração;
  • Reduzir para 7% as mortes por enfarte nos hospitais;
  • Aumentar o número de tratamentos por angioplastia a pessoas com Enfarte Agudo do Miocárdio para 470 por milhão de habitantes;
  • Aumentar para 1800 o número de pessoas com Acidente Vascular Cerebral (AVC) que têm acesso a tratamento específico;
  • Reduzir o consumo de sal entre 3 a 4% ao ano na população.

Neste dia, a Sociedade Portuguesa de Cardiologia lembra que as doenças cardiovasculares são a primeira causa de morte em Portugal (29,5% das mortes a nível nacional), sendo que 55% da população entre os 18 e os 79 anos apresenta pelo menos dois ou mais fatores de risco.

Marta Travessa
Colaboradora +mgf

(fonte da imagem: https://www.world-heart-federation.org/)

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s